Total Pageviews

"DEVANEIOS DA ALMA"


Aurora do dia
Reluz minha vida
Transpira saudade
Traduz a verdade
 
Fragrância de sentimentos mutantes
Dormentes no seio
Da alma carente
 
O olhar transparente
Mergulha nas belezas jazentes
Que se desdobram feito torrentes
 
Alegoria para a mente
Vertente em mistérios
Obscuros delírios
As vezes martírios
 
O dia termina em suave neblina
Alento da alma
Perdida em devaneios
Como barcos pesqueiros
 
Céu azul
Chão de estrelas
Luzes faceiras
Feitiçeiras
 
O hoje se perde
Na memória do ontem
O amanhã é sonho
Futuro alvorecer
Inexorável florescer
 
(Simone)

No comments: