Total Pageviews

"FORMIGAS"


Marchando em batalhões
Desfilando seus ferrões
Dizimando jardins
Rebolando como manequins

Rainhas da disciplina
Tropas sempre em dia
Galhardia

Carregam folhas
Cortam galhos
Alhos tornam-se bugalhos

Formigueiros majestosos
Forrados de destroços
Paraísos de bolor
Espetáculos de horror

Formiguinhas incansáveis
Devoradoras insaciáveis
Sabem o que é trabalho duro
Mesmo no mais absoluto escuro

Se uma se distrái
A tropa se desespera
Mas numa questão de segundos
Todo mundo entra nos trilhos
Pais, mães e filhos

A rainha idolatrada
Comanda a formigada
Poder soberano
Tem banquete para um ano

Soldados em alerta
Mantém a vizinhança esperta

Formigas são seres interessantes
Constantes retirantes
Grande senso de união
Mantido às custas de muita sofreguidão

Excelentes arquitetas
Constroem mansões
Até debaixo de porões

Vida de formiga não é nada fácil
Chuva prá elas é dilúvio
Ventania atiça gritaria
Sapatos o fim dos subjugados

Por outro lado
Para formiga tamanho nem sempre é documento
Calcanhar de gigante
Cravejado de picadas
Desaparece num instante
Tamanha dor
Para o invasor

Formigas são destemidas
Até entrar em cena uma baforada
De Detefon
Aí é um Deus nos acuda
Cada uma que se salve
Todas se dispersam
É hora de fazer as malas
Antes que a formigada
Morra intoxicada!

(Simone)

No comments: