Total Pageviews

"A MENINA VISIONÁRIA"




A menina meiga
De olhos sonhadores
Mantinha em segredo
Extraordinário dom

Conseguia ler os pensamentos
E sentimentos humanos
Antes de serem
ou
Nunca manifestos

Dentro de sua mãe
Um coração cheio de amor
E uma mente
Repleta de idéias floridas

No pai
Morava a esperança na vida
E a mente
Mergulhada em sonhos

Nos amigos da escola
Espíritos de aventura
Ternura
Amizades sem preço

Do lado de fora da janela
Ela conseguia ver o rosto, o coração
E sentimentos do mundo

Neste momento
A menina tinha
Os olhos marejados de lágrimas
O retrato do mundo
Era devastador
Guerras, ódio
Ganância, destruição
Tragédias, dor
Medos, angústias

Em esparços lugares
Um pouco de alegria
Esperança e generosidade

Mas o mundo como um todo
Estava doente
Agonizando
Mergulhado em desvastação de todas as naturezas

Os seres humanos empobreceram
Não só economicamente
Mas afetiva e intelectualmente também
 
A menina tomou prá si
As dores do mundo
Adoeceu seriamente
Tentando achar a cura
Para os males humanos

Em cada parte do mundo
Ela plantou uma semente de amor
E compensação
Cada semente de amor nova
Anulava três de maldade

Até que chegou um tempo
Quando o amor tornou-se
Invencível
E a menina sobreviveu

Agora
Cada vez que abria a janela
Via a Terra
Enfeitada de sorrisos
Recheada de tolerância
Coberta por um arco-íris
Capaz de emanar luz
À todas as vidas

Nenhum ser humano sequer
Ficou à margem da sociedade
Muito menos do amor
De uma vida decente
Todos os sonhos
Tornaram-se possíveis
 
A menina respirou aliviada
E escreveu uma estória
Sobre a importância
De espargir o amor
Para que nunca mais ninguém
Fosse tentado
A transformar o mundo
Em sombras de novo

(Simone)


No comments: