Total Pageviews

"VESTÍGIOS DE FÉ"



O templo sagrado, secular, fora devastado pela tempestade arrebatadora. No chão, esqueletos de delicadas flores repousam. Antigos adornos para os deuses. Não suportaram as forças das águas lançando-se na ventania homicida, indefesas. Pelos cantos, velas silenciadas. Paredes desmaiadas sobre bancos outrora povoados de ardorosos fiéis. O temporal deixou um rastro de destruição implacável. Todavia, por entre os escombros, no centro do altar, o deus adorado reina soberano, intocado pela força da natureza. Foi salvo pelo poder da própria fé. Imune viveu para todo o sempre.

(Simone)

No comments: