Total Pageviews

"VESTÍGIOS DO TEMPO"


 
O espelho da verdade
Traduz minha vida
A cada linha delgada do meu corpo

Estou mudada...
Foram tantos os vales
Por onde andei

Jornadas atribuladas
Desafiaram meus limites

Testemunhei a vida sem máscaras
Sofri, mergulhei
Amei, silenciei
Tudo intensamente, intrinsecamente

Meu corpo é um retrato vivo e desenhado
Do meu passado
Meu triunfo sobre as vicissitudes

Meu refúgio no desespero
Meu templo de rebelião
E redenção
Minha salvação ...

(Simone)

No comments: