Total Pageviews

"CINISMO"


 
Mulher orgulhosa e mentirosa
Que vive de intrigas
Os olhos estão sempre sorrindo
Mas por detrás deles há uma destilaria de fel e desdém
Invejando sempre alguém

Cinismo e inveja
São vizinhas inseparáveis
Estão sempre arquitetando
Maquiavélicos planos
Sem considerar os danos

Cinismo é o lobo em pele de cordeiro
Inimiga que apunhala
 Saboreando pelos cantos a desgraça alheia
Mas mantém a fachada do
Não vi nada!
Não ouvi nada!
Não me pergunte nada!
Não fiz nada!
Bruxa disfarçada de fada
Mal amada e mal falada

Se faz de boa samaritana
E até pensa em dar esmolas
Quando na verdade
Ela quer exterminar o pedinte
Usando um arsenal de pistolas

Erva daninha
Tem um grande ego
É narcisista
Se acha a mais esperta
E que jamais será descoberta
Despreza o sucesso alheio
Mas prá tudo saber está sempre no meio

Cinismo é falsa como uma hiena devassa
Sorri mostrando os dentes
Mas está só pensando
Em saborear a carcaça

Envolvente como cobra cascavel
Primeiro abraça
Para depois estrangular
Orgulhosa do feito
Chacoalha o guizo
Após terminar o serviço
Debocha num riso
E chora se for preciso

Ser obscuro
Está sempre em cima do muro 
A expressão predileta dela é:
Eu juro!! 

(Simone)

No comments: