Total Pageviews

"VITOR, HERÓI DE UM CONTO REAL..."


O Victor é mesmo um herói num país no qual a impunidade é regra não exceção. O gesto dele foi de uma compaixão sem fim. Infelizmente, pagou um preco alto por isto, o que é a grande injustiça. Sem dúvida, o gesto dele deveria ser exaltado, ensinado, espargido como modelo de integridade e bondade pelos quatro cantos do Brasil. É deste tipo de cultura que o povo precisa: a cultura da integridade de caráter, o amor pelo próximo, o se importar sem olhar a quem, manter os valores do que é certo.
Espero que a Justiça brasileira aproveite este caso para provar que é decente, presente, justa, íntegra, tal qual o gesto extraordinário de Vitor. Espero que os responsáveis por este ato tão desumano aprendam à duras penas de que não existe impunidade para delinquência e crueldade. Estes jovens agressores, ignorantes, arrogantes e desprezíveis merecem uma punição exemplar. É fundamental que isto aconteça, já que se mais esta estória brutal terminar em "pizza", neste insulto de responder processo em liberdade que é o mesmo que não pagar por coisa alguma, haverá uma abertura de precedente para que casos semelhantes, senáo piores, continuem sendo casos corriqueiros na nossa realidade. Não podemos permitir em nós mesmos ou no outro a atitude de banalização da vida.
O povo de bem, que tem os mesmos valores que Vitor, tem que sair às ruas, se mobilizar por esta causa tão fundamental de resgatar os valores humanos e dar voz para as consequências tão graves que a impunidade causa. O Brasil está sendo dominado pelo criminoso. O inocente é o que fica encarcerado ou tem que se armar de todas as formas para manter-se vivo e a integridade da família intacta. Violência não é aceitável e jamais justificável. A gente não pode se deixar dominar pela mentalidade de que violência, injustiça, corrupção e impunidade para o bandido grande e pequeno sejam fatos sobre os quais a gente deve se conformar porque são intangíveis! Não é verdade!! Estas ervas daninhas podem ser exterminadas com determinação, união, e neste ponto em que estas coisas tomaram uma dimensao tão grande no nosso país, com o mesmo heroismo do Vitor.
Precisamos multiplicar a força do gesto do Vitor. Ele não aceitou injustiça. Ele disse não para a brutalidade. Eles lutou pelo que considerou certo. Nós temos que fazer o mesmo. Não vamos deixar que o gesto de Vitor se torne em vão. Se estes delinquentes que o agrediram e ao morador de rua sairem ilesos da Justiça, isto será um precedente para que novos casos semelhantes se tornem mais e mais frequentes. Se nos calarmos estaremos sendo cúmplices com a impunidade desenfreada. Como diz o ditado popular: "Quem cala consente!" Mas quem age causa transformação. Transformação liberta. Viver com liberdade de direitos é o que todos merecemos.  Lutar pela justiça é um ato de cidadania. É assim que a gente avança não só como cidadãos, mas como seres humanos também.
Parabéns Vitor pelo seu gesto. Você salvou uma vida já tão humilhada e injustiçada, quase pagando com a sua própria. Que maravilhoso saber que está se recuperando das suas lesões. Espero que possa testemunhar todos os dias a grande importância que o seu gesto de compaixão e dignidade teve. Voce é mesmo nosso herói! Herói de verdade!!

(Simone)

No comments: