Total Pageviews

"SENDO GENTE GRANDE AINDA CRIANÇA..."


Nasci querendo ser criança
Mas, ainda criança
Me quiseram e fizeram adulto

Minhas pernas e braços curtos
Minha falta de jeito
Não dão conta das pesadas ferramentas e cargas
Que tenho que manusear
Além disto
Na minha inocência de criança
Não sei lidar com o peso da responsabilidade
Não sabia que ter que ser adulto ainda criança
Poderia ser uma tarefa tão árdua!
Eu não escolhi
Escolheram por mim
Como sou criança não posso ter vontade própria
Sigo a vontade de quem tem poder sobre minha vida

Não sei se tenho direitos
Mas percebo o que acontece ao meu redor
Vejo outras crianças que usam como ferramenta de "trabalho"
Só bicicletas, bonecas, bolas, carrinhos
Elas têm sempre tempo para isto
E parece não se cansarem do trabalho delas
Ninguém as controla
Ninguém as maltrata
Elas são livres
E o sorriso delas é bem aparente todo o tempo!...
O que é que elas fizeram para ter direito a serem crianças
E eu não?
Por que delas não é exigido nada
E de mim é só um mundo de exigências
E castigos?... 

Minha vida (embora não seja realmente minha)
É tão jovem
E vive oprimida por medo
É feita de dor
Ainda não descrobri o que ela tem de bom
Se tem algo bom me esperando
Eu sonho com isto
Com o dia em que a vida vai sorrir prá mim
Um sorriso tão largo quanto o das crianças que vejo nos jardins

Outro dia alguém falou
Espero que você seja feliz!
Mas o que é ser feliz?
Não tenho a menor idéia se é bom ou não é!
Talvez ser feliz também seja uma das responsabilidades de adulto
Se isto é bom
Gostaria de ser feliz ainda criança
Para prolongar a felicidade o máximo possível!
Talvez felicidade seja liberdade...
Liberdade eu não tenho
Infelicidade vivo, concluo então!

Minhas mãozinhas
Sangram ao fim do dia
As ferramentas não tem respeito por elas
Minha pele é toda seca como a terra na qual eu trabalho
Não é so na pele que sinto aspereza, mas na vida também
Meu rosto é sujo de fuligem
Até parece que tenho mais de uma cor de pele
Meus músculos e ossos gritam no final do dia
Eles não foram feitos para trabalhar como Hércules
Ainda em tenra idade
Mas ninguém quer entender estas limitações
Ninguém me ouve
Só eu que tenho que ouvir
E nada dizer
O que penso e sinto não interessa à ninguém
Queria tanto que interessasse!...

Sou uma criança que pensa em muitas coisas
Sente muitas coisas
Queria que existisse uma platéia
Ansiosa para conhecer o meu mundo de dentro
Sou uma criança muito curiosa
Também queria saber como é ter carinho
As pessoas dizem que é uma sensação única
Faz até derreter o coração!
Deve ser bom mesmo, então!

Ninguém me disse onde posso encontrar este tal de carinho
Sera que é facil achar?
Vende em loja?
Mas se vende em loja deve ser caro
Porque tudo é caro em loja
Então sem dinheiro não vou poder comprar um punhado de carinho
Mesmo que esteja em liquidação
Se o dono da loja for camarada e me vender carinho em parcelas
Talvez dê, contanto que eu carregue mais pedras do que o normal
Talvez fará diferença na minha vida trabalhar mais
Para comprar carinho em prestação
Aí, pelo menos, alguma coisa vou ter só minha
Para cuidar e me fazer sentir bem
Um punhado de carinho será minha companhia permanente
Se Deus quizer, consigo um pouco
Talvez se eu conseguir comprar carinho
Eu possa descobrir o que é ser feliz!...

O sol está em brasa hoje
Sinto-me um ovo sendo fritado debaixo dele
Só falta despejarem óleo em mim
Onde eu trabalho tão tem sombra por perto
É puro sol o dia inteiro
Quando chove é pior
Porque o lugar vira um lamaçal
Mas chuva tem uma vantagem
É refrescante
E ainda dá para eu tomar um banho
Sem ter que pagar pela água
Chuva é banho de graça
Assim, alguma coisa de graça eu consigo na vida!

Meu estômago dói, se contorce de fome
A maior incerteza que vivo todos os dias
É se haverá algo para comer ou não
Talvez um pedaço de pão que alguém esqueceu num banco de praça
Eu ache se tiver sorte!
Comer é uma questão de pura sorte na minha vida
Na maior parte dos dias tenho é muito azar
E peço para o meu estômago se calar
Parar de resmungar um pouco
O estômago é o órgão mais reclamao que existe
Está sempre pedindo ou reclamando
Gosta de estar cheio
Mas como posso prometer isto para ele??
 Não posso, infelizmente!

Bom, deixe-me parar de pensar
E voltar ao trabalho
Preciso quebrar mais pedras para, quem sabe, comprar carinho!
Num dia destes, eu compro
Mesmo que seja meia grama só... compro!
Quero sentir o que todo mundo que já experimentou diz que é bom!
Acho que será um dinheirinho bem investido...
Se Deus quiser, será!

(Simone) 

No comments: