Total Pageviews

ÉTICA E RELIGIÃO PEDIRAM DIVÓRCIO, AO QUE PARECE!

 
O Papa Benedito XVI deixa o posto que ocupou por alguns anos. Deveria ter saído pela porta detrás do Vaticano já que absolutamente nada vez para punir exemplarmente os religiosos da sua igreja acusados de pedofilia. A igreja é sempre a primeira a apontar os pecados e as fraquezas das outras pessoas. É a primeira a condenar e colocar rótulos. É a primeira a exigir uma atitude decente, ética, responsável dos fiéis. O Papa Benedito perdeu uma chance preciosa de honrar os preceitos religiosos dos quais sempre tanto falou à respeito. Mas parece que as regras só servem mesmo para os fiéis! É uma grande vergonha que um líder religioso deste calibre tenha acobertado algo tão grave! Os abusos sexuais cometidos por cardeais, bispos, padres, etc, ficaram impunes. E as tantas e tantas vítimas destes senhores ditos santos, onde se assegura a dignidade delas?!
Minha mãe criou-me católica. Cresci acreditando na honradez destes líderes, tendo respeito por eles, pelas palavras e atitudes, mas hoje em dia, foi-se embora o meu apresso. A verdade é que existe um bocado de hipocrisia neste meio. Estes senhores que são ditos representantes de Deus aqui na Terra são uns hipócritas. O discurso é um, as atitudes são outras! Desde que o Papa Benedito assumiu o trono da Igreja Católica, só escândalos vieram à tona, um após outro. É o que se representa neste cartoon acima, o Papa deveria ter aprendido a dizer sinto muito em 63 idiomas. Este deveria ser o mínimo de atitude decente da parte dele, mas não fez. Sai e vira as costas para os encândalos. Se exime da responsabilidade, como se nunca tivesse o dever de fazer algo para resolver o que ficou mais do que provado e desmascarado!
Ai me pergunto: "Por que temos que ter um intermediário para conversar com Deus?" Os fiéis se confessam para estas pessoas e dependem da benção destes religiosos para serem perdoados de suas faltas, sendo que muitos deles, como tem se visto ultimamente, são capazes dos atos mais imorais e perversos!
Além disto, até hoje não entendo por que o Papa tem que viver naquele luxo todo no Vaticano! Jesus, o filho de Deus viveu pobre, simples, sem nenhum privilégio e poderia ter vivido como um rei. A Igreja Católica desde a Idade Média tem cometido verdadeiras atrocidades em nome de Deus. Sempre esteve ao lado dos poderosos governantes, fazendo políticas de conveniência. Política e religião de mãos dadas??? Existe algo muito suspeito nisto!
Uma das maiores vergonhas da Humanidade tem sido várias religiões usarem violência em nome de Deus. Violência e religião deveriam ser os extremo opostos!!! Religião deveria ser sinônimo de paz, respeito, generosidade, ética, compaixão, entendimento, conciliação, não degradação, oportunismo, massacres, conchavos, abusos de poder, jogos de influência, e assim vai.... Não!
Enfim, em quem acreditar nos dias de hoje??? Fica um vácuo...
 
-Simone-