Total Pageviews

FOFOCA...

 
A arte da fofoca
É como a de estourar pipoca
Salpica por todos os lados
Uma palavra vira um conto
Uma coisa minúscula um estrondo
 
Gente que se preocupa mais com a vida alheia
Nada de bom colhe só tempestade semeia
A especialidade do fofoqueiro
É colocar a reputação dos outros num vespeiro
E torcer para que aconteça o pior no desfecho derradeiro
 
Sujeitos de língua comprida
Feito o parasita lombriga
Adoram instigar uma briga
E quando são descobertos prá todo mundo dão uma figa
 
É um tal de inventar história
Prá isso não lhes falta memória
O veneno no que falam
É mais devastador do que de um milhão de jibóias
Ô gentinha! Bando de recalcados e lambisgóias!!
 
Ficam espionando o que acontece na casa do outro
Porque na própria é puro vazio
Não poupam ninguém, criança, idoso, sobrinho ou tio
Sobre a vida deles não dão um pio
Línguas tão ferinas que dão arrepio
 
O que eu sempre acho
É que quem faz fofoca do outro
Quer mesmo é viver a vida do "fofocado"
Porque fofoqueiros não são só desalmados
Mas também mal amados
Dizem que o outro faz pouca vergonha
Mas na residência do fofoqueiro
A indecência é que é medonha
 
Falam mal da moça solteira
Que só porque saiu de saia curta
Já começam a dizer:
 "Sirigaita já vai fazer besteira!"
Gente que não tem nada prá fazer 
Escondido fica espiando atrás da soleira
Tudo o que tem prá falar é uma tonelada de asneira
Gente encrenqueira
No fim da noite vão patrocinar uma sessão da macumbeira
 
Todo domingo
O fofoqueiro vai a igreja
Para confessar o que na mente nunca pestaneja
Hipócrita é
Do fio do cabelo até o dedão do pé
Se disfarça como gente de fé
Mas na verdade
O que mais inveja e almeja 
É dos outros o cafuné!
 
-Simone-
 


No comments: