Total Pageviews

NÓS AS MULHERES...


Nós as mulheres
Existimos em todos os tamanhos, formas, cores 
Não só extrovertidas, introvertidas, mas também invertidas e divertidas
Há as que falam demais, outras de menos, outras não falam, só calam
Há mulheres guerreiras e outras sem eira nem beira
Há mulheres que já se sentem totalmente construídas
Outras em fase de construção, outras em ruínas e destruídas
Há mulheres líderes, seguidoras, outras transformadoras
Modernas, balzaquianas, polianas, Marias e Anas
Há mulheres, juízes,  nutrizes e outras buscando diretrizes
Há mulheres profissionais e as que se sentem eternas serviçais
Há mulheres casadas, divorciadas, viúvas, enroladas, atordoadas e mal amadas
Há mulheres liberais, conservadoras, dominadoras, reconciliadoras e doadoras 
Há mulheres que se vestem, algumas só se cobrem, outras se despem e neste processo se descobrem 
Há as que se espera se provem
Há mulheres decididas, comprimidas, divididas e subtraidas 
Há mulheres que fazem história e outras que nunca deixam de existir na memória
Há mulheres sábias, educadas, jubjugadas, outras que gritam nas arquibancadas
Há mulheres que cuidam nos hospitais, capazes de gestos e amores incondicionais
Há mulheres interessadas,  interessantes, pensantes, discretas passantes
Há mulheres maduras, ingênuas, guerreiras, aventureiras
Há mulheres generosas, bondosas, nervosas, melindrosas, belas e formosas
Há mulheres que se cuidam, descuidam,  tudo destroem e outras que sozinhas se reconstroem
Há mulheres famosas, melosas, ardilosas, dispostas à eternas prosas 
Há mulheres misteriosas, imperiosas, ansiosas, religiosas
Há mulheres que se confessam em divãs, outras são famosas cortesãs
Há mulheres cozinheiras, bordadeiras, que só falam asneiras e as que facilmente perdem as estribeiras
Há mulheres mães, tias, filhas, irmãs, esposas, jogadas às moscas
Há mulheres da lei, as que se acham acima da lei e as duras como madeira de lei
Há mulheres pacifistas, equilibristas, narcisistas, precisando de oculistas
Há mulheres apaixonantes, cativantes, impressionantes, que se recusam a ser coadjuvantes
Há mulheres elitistas, vanguardistas, intimistas, ativistas, idealistas, abolicionistas
Há mulheres racionais, sentimentais e lutando por causas colossais
Há mulheres intelectuais, que vivem uma vida cheia de rituais
Há mulheres metafóricas, engajadas em políticas sociais e as que gostam de se divertir nos carnavais
Há mulheres trabalhando em canaviais, joviais, imparciais, de sabedorias ancestrais
Há mulheres urbanas, envolvidas em paixões humanas
Há mulheres céticas, proféticas, desfilando nas passarelas esqueléticas
Há mulheres por detrás de véus e esquecidas em mausoléus

Nós as mulheres somos
Anarquistas sociais
De humores sazonais
Misturas raciais
Conselheiras emocionais
Temos a sabedoria dos samurais
Podemos parecer até convencionais
Mas no fundo, somos todas universais
E sobretudo multidimensionais!

Viva nós, mulheres plurais!! 

-Simone-

No comments: