Total Pageviews

O PRESENTE DA FLOR...


O menino chegou para ela
E lhe ofereceu um remalhete de flores
Deu uma piscadela
Saiu correndo
E deixou a menina embriagada
Por aquela quantidade de perfumes e cores...

O presente do admirador
Fez crescer uma semente
No coração da menina
Que não estava acostumada
A ter uma emoção assim tão repentina...

A doçura do gesto do garoto
Transformou o jeito da menina de enxergar as coisas
Agora ela saia de casa com uma das florzinhas do ramalhete
Espetada no cabelo
Porque queria que seu admirador soubesse
Que o presente dele
O coração dela fez derreter
E a mão dela o pai ainda iria no futuro lhe oferecer...

Ele era um menino bom, gentil, de atitude honesta
Tinha um sorriso de fazer nascer o sol
Uma alma de poeta
Um olhar de cantor de seresta...

Desde o dia do presenteio da flor
Os  dois viraram um do outro o melhor amigo
Não se largavam mais
Quando esqueciam as palavras
Conversavam por telepatia
Partilhavam um amor de verdade
Baseado em mútua cumplicidade
E recheado da mais profunda, pura e simples
Felicidade!! 

-Simone Bittencourt Shauy-